CUIDADOS HIGIÊNICOS À MULHER NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL NA DÉCADA DE 1920.

Autores/as

  • Luiza Mara Correia Luiza Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)., Brasil
  • Amanda de Vasconcelos Braga Amanda Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Brasil
  • Simone Aguiar Kiki Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)., Brasil http://orcid.org/0000-0003-3572-4191
  • Mercedes Neto Mercedes Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Brasil
  • Fernando Porto Porto Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14198/cuid.2022.62.06

Palabras clave:

História da enfermagem, Enfermeira, Higiene

Resumen

Objetivo: descrever os manuais e os respectivos autores e discutir, analiticamente, a cultura dos cuidados de enfermagem destinados ao ciclo gravídico-puerperal para a formação das enfermeiras. Metodologia: abordagem histórica, pela estratégia da microanálise, com documentos localizados no Rio de Janeiro e literatura de aderência. Resultados: identificados manuais “Curso de Enfermeiros” (1920) e “Livro do Enfermeiro e da Enfermeira (1928)” e quatro registros veiculados na imprensa escrita e ilustrada. Discussão: identificado a influência militar médica.  Os cuidados prescritos nos manuais revelaram estarem direcionados às mulheres em estado gestacional – puerperal, voltados às necessidades biológicas com ênfase na higiene. Considerações finais: Conhecer a cultura dos cuidados destinados às mulheres no ciclo gravídico-puerperal traz indícios de como e porque cuidados em tempos atuais destinados as mulheres, às vezes, não atendem de forma direta e objetiva o esperado, em virtude, possivelmente, de herança deixada do passado. Descritores: História da enfermagem; Enfermeira; Higiene.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Alvez, A.P.C. (2015). As Representações da Enfermeira na obra “Curso de Enfermeiros” de Adolpho Possollo (1920-1948) [dissertação]. Rio de Janeiro (RJ): Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Ayres, L.F.A. (2010). As Enfermeiras Visitadoras da Cruz Vermelha Brasileira e do Departamento Nacional de Saúde Pública no Início do Século XX. [dissertação]. Rio de Janeiro (RJ): Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Ayres, L.F., Amorim W.M., & Alvez AD, Luchesi L.B.O. (2012). Campo da saúde pública: a criação dos cursos de enfermeiras visitadoras (1920). Rev Enferm UFPE online Mar; 6 (6):642-51. doi: 10.5205/reuol.2163-16218-1-LE.0603201220.

Duarte, M. (1997). O livro das invenções. São Paulo: Companhia das Letras.

Larocca, L.M., & Marques, V.R.B. (2010). Higienizar, Cuidar e Civilizar: o Discurso Médico para a Escola Paranaense (1920-1937). Rev Interf Jul/Set; 14 (34): p.647-60.

Moreira, A. (2003). Profissionalização da Enfermagem Brasileira: O Pioneirismo da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (1890-1920). [tese]. São Paulo (SP): Escola de Enfermagem da USP.

Porto, F.R., & Amorim W.M. (2008). História da Enfermagem Brasileira: Lutas, Ritos e Emblemas. Rio de Janeiro: Águia Dourada.

Possolo, A. (1920). Curso de Enfermeiros. Rio de Janeiro: Leite Ribeiro e Maurillo.

Rodrigues, M.A., Gomes, C., & Almeida R. (2008). História e memória: documento ad usum et beneficium Curso de Enfermeiros. Rev Referen Dez; 2 (8): 87-90. Recuperado de https://web.esenfc.pt/v02/pa/conteudos/downloadArtigo.php?id_ficheiro=251.

Rohden, F. (2002). Ginecologia, Gênero e Sexualidade na Ciência do Séc XIX. Rev Horizonte Antropológico Jun; 8 (17): p. 101-125.

Santos, G.F. (1928). Livro do Enfermeiro e da Enfermeira: para uso dos que se destinam à profissão de enfermagem e das pessoas que cuidam de doentes. Rio de Janeiro: Est. Graphico.

Universidade do Porto. (2006). Catálogo de Exposição Colecções do museu de história da medicina “Maximiano Lemos”. Portugal.

Wikipedia (2016): a enciclopédia Livre [homepage na internet]. Caneta Tinteiro. Recuperado de http://pt.wikipedia.org/wiki/Caneta-tinteiro.

Estadísticas

Estadísticas en RUA

Publicado

08-04-2022

Cómo citar

Luiza, L. M. C., Amanda, A. de V. B., Kiki, S. A., Mercedes, M. N., & Porto, F. P. (2022). CUIDADOS HIGIÊNICOS À MULHER NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL NA DÉCADA DE 1920. Cultura De Los Cuidados, 26(62), 69–84. https://doi.org/10.14198/cuid.2022.62.06

Número

Sección

Historia